Abaixo assinado em respeito e defesa da vida animal !  

Posted by: Rose Porciuncula in , ,

O ABSURDO dos Absurdos

Não sou de fazer campanhas, mas em certos casos me vejo obrigada a ajudar a quem não tem como pedir ajuda.

Pra quem me conhece sabe que amo os animais e os defendo sempre.

Hoje precisamos da ajuda de todos que puderem e se sensibilizarem com os animaizinhos indefesos.

O Deputado Edson Portilho, do Rio Grande do Sul, teve a desventura de criar um projeto de lei que permite que os animais sejam torturados e sacrificados em rituais religiosos.

O parlamentar, sabendo que os protetores dos animais se manifestariam, fez a seguinte trama: marcou a apresentação para votação da lei num dia de julho, mas fez um chamado urgente e marcou a reunião às pressas, mais cedo. Os únicos avisados foram os demais deputados. Ou seja: não havia defesa.

Os animais não tiveram oportunidade de ter pessoas que os representassem.

Quem poderia responder por eles? E aconteceu o que mais temíamos: houve 32 votos contra os animais e apenas 2 a favor. Os animais agora poderão ter olhos e dentes arrancados e cortados em vários pedaços para fazer o tal Banho de Sangue. Os animais que não servem mais para o ritual são mortos a sangue frio, conscientes e sem qualquer anestesia.

Assine a favor da defesa da vida animal. Ajudem a Lei de Proteção Animal. É rapido, só preencher o formulário no link abaixo:

http://www.leideprotecaoanimal.com.br/

Não podemos deixar uma barbaridade dessas assim.

Precisamos de 500 MIL assinaturas.

Repassem para o máximo de pessoas! FIQUEM A VONTADE PARA DIVULGAR E COPIAR ESSAS INFORMAÇÕES.

Texto Rose Porciuncula e imagem de Rose Oliveira em 01/15/2010.

"ATENÇÃO AO COPIAR MEUS POSTS DEEM OS DEVIDOS CREDITOS" e desagradável ver as fotos de meus blogs e meus posts rodando por aí com créditos alheios.
"FIQUEM A VONTADE PARA DIVULGAR E COPIAR ESSAS INFORMAÇÕES DESDE QUE COM OS DEVIDOS CREDITOS E SEM MUDAR O TEOR DAS MESMAS."
bjs

This entry was posted on sábado, maio 01, 2010 and is filed under , , . You can leave a response and follow any responses to this entry through the Assinar: Postar comentários (Atom) .

0 comentários

Postar um comentário